2 de outubro de 2017

Revelação

As coisas estão por toda parte e seguem conosco onde quer que estejamos.
Percebo o movimento da retina na pista, movimentos de ajuste nas diferentes perspectivas.
O lugar que parece ser fim, também pode ser enxergado como começo.
A negação não minimiza nada, ao contrário, potencializa.
Não deixarei que passagens torne-se realidades definitivas.
Uma dor, uma tristeza, um choro, tudo isso é uma estrada de revelação.
Já não olho para o horizonte como se não soubesse.
Eu sei.

0 comentários soprados.:

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."