2 de julho de 2016

Presença




Nenhuma aflição perdura quando escrevo. Pareço derreter quando as palavras passam por meus dedos. A insônia é uma espécie de presença afetiva que vaga noite adentro. Escrever espalha e junta muitas coisas por aqui. Nada é à toa. 

1 comentários soprados.:

Charles Canela disse...

Escrever é fazer amor, quando a palavra toca...é orgasmo.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."