27 de agosto de 2011

Das coisas...


Das coisas idas, que podem mas não devem se prolongar sobre o presente.
Das coias boas, como afagos, brincadeiras e outras coisas já caídas em desuso.
Das coisas para poucos, como a pura expressão e a falta de disfarce. 
Das coisas lindas, feito mural colocado acima da cabeceira da cama.
Das coisas solitárias, como uma xícara cheia sobre uma mesa vazia.
Das coisas especiais, como o cheiro que fica, mesmo quando a gente ou o outro vai.
Das coisas inesquecíveis, como lembranças encarnadas em cada lugar.
Das coisas doídas, como os passos indo embora e o meu silêncio.
Das coisas nossas, como as que enchem o peito de suspiros e a alma de sorrisos.
Das coisa úteis, como a loucura canalizada para arte.
Das coisas escritas, feito palavras apaixonadas pelo papel.

5 comentários soprados.:

JasonJr. disse...

Lindo! :D
Das coisas!

Dja disse...

Das pessoas lindas que passam pela nossa vida como vc.

beijinhos querida, um ótimo domingo.

Mara Ribeiro disse...

Lindo!!!!
Bom final de semana.
Bjo no coração.

✿ chica disse...

São tantas coisas que podemos gostar...Lindo! beijs,tudo de bom,chica

Refúgio da Alma disse...

E outras coisas somadas a todas essas coisas, que transbordam nossos corações de paixão.

Adoro sempre as coisas que são "nossas".

Lindo texto. Beijos

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."