17 de julho de 2011

Queda livre

Sinto o vento.
O frio da barriga escorrega umbigo adentro.
Não caio pra fugir
Caio porque o vento é companhia
Porque tenho horror a paredes.
A queda acelera a ilusão
De que se o coração bater mais rápido, encontro a ti.
Nada cessa ao cair
Nada acaba ao partir.
Saltei seguindo com a vida
Passei só pra me despedir.

7 comentários soprados.:

Assis Freitas disse...

vento é companhia a inflar,


beijo

Cris . disse...

me bateu uma saudade louca de sentir o vento me soprar. :)

adorei seu blog e fico acampada por aqui.
Uma semana iluminada pra ti.

abraço meu .-.

Cantinho She disse...

Sentir o vento é bom demais!
Bjo, bjo, saudades daqui...
She

Denise Portes disse...

Que o vento te traga uma linda semana.
Um beijo, com carinho.
Denise

Dja disse...

Beijinhos lindona, ótima semana.
Carinho no seu coração

Geraldo de Barros disse...

passei para dizer que estou por aqui, numa leve brisa ;)

Laís Maroubo disse...

Oláa,vi q estas me seguindo e resolvi retribuir sua visita, e agradecer..
tb ja vos sigo!

beijao e volte sempre

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."