14 de junho de 2011

E no final do dia...


Deixei a poesia em cima da cama.
Ainda virgem.
Embora úmida de pensamentos.

5 comentários soprados.:

Michele P. disse...

Deixe-a repousar. Quando despertar, estará mais viva. :)

Uma boa quarta-feira.
Bjs

AC Rangel disse...

Ótima esta umidade. A poesia precisa mesmo se reproduzir, ganhar prole.

Hugo de Oliveira disse...

Que tudo..adoro seu espaço.

abraços

Tiago Moralles disse...

A poesia molha os olhos.

Lara Amaral disse...

Também o faço às vezes.

Beijo.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."