23 de maio de 2011

Sem data de validade.

                                   
Momentos ruins
a gente tira de letra da memória. 
Dureza mesmo
 é esquecer os sorrisos edificados a dois.
Os beijos sem data de validade. 
O primeiro pensamento do dia
e o último ao deitar.

12 comentários soprados.:

Renata Fagundes disse...

lembrança boa é sorriso guardado :D

beeeijo Angelica

Fabrício Franco disse...

Que os sorrisos marquem cada vez mais a tez da nossa memória!

Beijos!

Tiago Moralles disse...

Onde junta pedaços de lembrança mofados.

Dario B. disse...

Dureza também é varrer o que seria e nao foi.

Tatiana Moreira disse...

Sem data de validade
é a nossa felicidade
em estar aqui e apreciar
as riquezas desse amar!

Um beijo carinhoso

ArcadoAutoConhecimento disse...

Lindo poema. Belas palavras. Parabéns. Beijos e ótima semana.

A.S. disse...

Os sorrisos edificados a dois jamais se esquecem... os beijos sem data de validade ficam ardendo nos lábios para sempre!...


Beijos,
AL

Juan Moravagine Carneiro disse...

Pois é,

Lembranças que nos perseguem...

Wanderley Elian Lima disse...

Esse momento, nunca se apagam da memória.
Bjux

Leonardo Batista disse...

Eu fiquei tão emocionado com isso, que copiei e mandei pra minha amada!


Obrigado!

Tatiana Moreira disse...

Você faz parte da alegria que eu estou sentindo... Por essa razão conto com a sua presença em meu blog, participando do sorteio que será realizado!
Sinta-se carinhosamente abraçada.

Wanderley Elian Lima disse...

Os bons momentos ficam para sempre. Os maus procuramos esquecê-los.
Bjux

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."