25 de fevereiro de 2011

Das coisas que se vão...


Eu sempre fui melhor na fantasia e na criação.  Eu sempre brinquei, de faz-de-conta que não sei.

5 comentários soprados.:

Laércio Neto disse...

Nossa !
Eu também sou assim ! " É incrível como eu atraio coisas imprevisivelmente marcantes. "
kakakakaka
valeu !

e.deamici disse...

Teu instinto atrai a intensidade..
ser ou não ser, mas sempre sentir.
E mesmo transparecendo tua sensibilidade,
demonstra força na totalidade.

Os cheiros.. esses são indispensáveis.
Se incluem naquela frase:
'o essencial é invisível aos olhos'

Eu amo, de coração, ter tua amizade!
beijos

Denise Portes disse...

Querida,
Vou usar as palavras de Clarice Lispector:
"Ainda bem que sempre existe outro dia. Outros sonhos. E outros risos. E outras pessoas. E outras coisas."
Um beijo
Denise

Priscilla Cavazzotto disse...

Um bom final de semana pra ti!
Beijos meus

Amanda Carvalho disse...

Angélica, lindo maravilhoso o seu poema! Descreveu bem o meu momento de vida. Tem a indicação de prêmio e selos la no meu blog, pegue lá! Beijos e boa semana :*

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."