18 de janeiro de 2011

Olhos vendados


Hoje eu não sei.
E se soubesse preferia nem saber.
Porque as coisas que a gente sabe, são as piores.
Ecoa aquela voz: "Eu não te disse, eu avisei".
Porque será que as coisas nunca são como eu espero?
Isso cansa. Até porque quem espera, seeeeempre cansa.
A verdade marcou às 14h e chegou às 16h fantasiada.
Hoje não sei de mais nada.
Pensei em fechar a janela pra diminuir o vento
Mas será que eu aguento...
...Ficar aqui fechada com tanto pensamento?

[Suspiro...]

12 comentários soprados.:

Tiago Moralles disse...

Não.
Ninguém aguenta.

Laércio Neto disse...

Nossa, que vácuo "não sei, não sei".
Hehehehe..

Refúgio da Alma disse...

Preferir não saber é melhor do que saber?

NUNCA é tanto tempo... e SEMPRE também. Principalmente quando queremos algo bom.

Prefiro acreditar que mais cedo do que imaginamos, chegaremos onde queremos. E que sufocar os pensamentos dói, dói bastante.

Sou prova viva.

Um cheiro em cada pétala.

Mari Amorim disse...

Querida,Gékila (rs)
amei o teu carinho,só não consegui ainda abrir o arquivo para levá-lo e orgulhosamente exibi-lo na sala de casa.
que você tenha luz sem medidas,um beijo carinhoso,
Boas energias,
Mari

Marcelo Mayer disse...

o tempo é relativo quando se tem uma tv ligada, uma coca-cola e um cigarro de filtro vermelho pela metade

:(

José Carlos Brandão disse...

De olhos vendados,
a vida lá dentro.

Grita, quer sair
mas sufoca de dor
a vida lá dentro.

Beijos.

meus instantes e momentos disse...

deixa o vento entrar...
deixa vida entrar.
Maurizio

Chica disse...

Há tanto pra ver, por isso, temos que desvendar os olhos...Lindo!beijos,chica

Ricardo Leitão disse...

Esperar é um erro? Não devemos confundir isso com confiar? Gosto quando criam expectativas sobre mim... porque não podemos criar sobre os outros???
Lindo teu texto... pra variar........ chata! huahuahuahu
Beijos!

. disse...

Lindos versos...Adorei!

Melanie Brown disse...

Adoreiiiiiii teu blog!!!
E sigo...

:D

Ju Fuzetto disse...

Deixa o vento tocar teu rosto.

Deixa a vida rolar.


Beijo lindaaaaa

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."