12 de novembro de 2010

Xeque mate


Há decisões, que são soberanas a minha vontade. A emoção fez suas artimanhas nos bastidores, na tentativa  de evitar o último suspiro. Ato corajoso, porém inútil.  Debati-me diante de batalhas clandestinas comigo mesma. Pensamentos e vontades em discrepância que não me levaram a lugar algum.  Tenho pecados na mente e nas mãos que confessam sobre os teclados. Sou péssima para lidar com a sintaxe do não-vivido. O não-vivido é sempre órfão.

13 comentários soprados.:

César João disse...

Continue a escrever assim e, continue a nos encher a alma com seus escritos.Bom fim de semana.

Megamente disse...

Menina, vc é daqui de maceió, que legal, prazer!

Franck disse...

O não-vivido não existe, então, pq não vivê-lo?
Bjs*

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá, Angélica!

Amei sua prosa-poética! :)

Isso foi demais: "Sou péssima para lidar com a sintaxe do não-vivido."

Perfeito!
Beijos :)

Simone Aline disse...

Ai, ai, amiga...
Sempre passo aqui pra "suspirar" com suas palavras...
O não-vivido é sempre órfão [sempre]
Bjks e bom final de semana

Rob Novak disse...

A sintaxe do não-vivido é realmente a pior para se compreender.

Gostei!

Bjo

Assis Freitas disse...

há que se fazer o existir, o pleno viver


beijo

Fred Caju disse...

Touché

Refúgio da Alma disse...

[Então, parto com o coração em pedaços para deixar correr livre esses pensamentos e vontades, deixando assim a revelação de minha saudade que torna-se cada vez mais inexplicada.]

Belíssimo texto, mesmo me dando a impressão de um duplo sentido de interpretação.

Abraço.

Hugo Dorta disse...

Nossa, com textos assim, vou acabar se tornando seu fã, se é que já não me tornei!
Adorei...

Denise Portes disse...

Angélica,
O não vivido é o avesso de se mesmo, o caminho do coração feito pela contra- mão.
Eu estava com saudades de passear por aqui.
Beijo
Denise

Talles Azigon disse...

amor você com sempre sublime einh

e essa imagem é de quem ?

Amanhã é o dia do Grito Viva a Poesia! Participe postando um poema e no titulo coloque viva a poesia, diga viva a poesia no Twitter, Orkut, Facebook, e todos os outros, não deixe a poesia morrer ^^ Viva a Poesia.

Pistoleiro Corvo disse...

O não vivido está sempre carente por algo, seja pai ou mãe ou irmão.
Parabéns pelo belíssimo texto Angélica, mais uma evidencia de sua sinceridade necessária!

Abraços.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."