29 de agosto de 2010

Transpirando



Brindo a bourbon este vulcão
Fantasias espreguiçando-se na caneta
Sensação de dejavú entrando em erupção
Onírico corpo de areia
Delitos de suor em chamas
Quando suspiras o que clamas?

14 comentários soprados.:

Priscila Aguiar disse...

Oi amada
...divina essa imagem♥
tenha um ótimo domingo, beijos

Mai disse...

Feminino é o gênero deste texto.
É febre, é fogo, e arde.

grande abraço,
grata pelas palavras.

Lídia Borges disse...

Estonteante, quentes imagens de rubros devaneios.

L.B.

Lua Nova disse...

Quando suspiras o que clamas?... nunca tinha pensado nisso... eu mesma não sei o que significa o suspiro, e eu suspiro muito. Sei porque ele acontece, vem sempre precedido de uma lembrança saudosa, gostosa, intensa... Mas o que quer dizer? Qual a intenção? Qual o desejo contido?
Adorei o texto. Adorei a sensação abrasadora e total.
Beijokas e uma linda semana.

HSLO disse...

Divino...

abraços

Cacheada disse...

Deus!
Para pedir apoio..
Pois sobre tudo que eu passo, se ele apoiar, sairá perfeito!

Úrsula Avner disse...

Oi Angélica,

aqui encontrei beleza e sensibilidade. Obrigada por sua amável visita e comentário. Bj.

Úrsula

Jorge Pimenta disse...

transpiração de fogo. é o coração feminino em verdadeira erupção.
sempre elegante e bem trabalhado este blogue.
um abraço!

Refúgio da Alma disse...

Clamo mais delitos!

Domingos Barroso disse...

Como é raro um poema
em todos os versos
belíssimas imagens
que perfuram a mente
e explodem a imaginação.

Parabéns.

beijo carinhoso.

Gilmar disse...

O suspiro clama a cumplicidade já "fundida"! Clama o instante de êxtase, a confundir os olhos e a umidecer os lábios... Clama, isso sim, a mulher capaz de fazê-lo explodir!

Não resisti! Já estou seguindo-a!

Abraços!

Cantinho She disse...

Uau que texto e que foto...beijo, beijo e amei como sempre!

naomefazpensar disse...

Que texto sensual.

Muito bonito!

Yago Nogueira disse...

Adorei o texto e a imagem, como sempre.
Sempre resumindo o sentimentos em palavras simples, mas ao mesmo tempo complexas né?!

Beijos.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."