26 de agosto de 2010

Termal




Sou parte dessa arte quente
da agitação branda 
do sussuro do fogo - e da falta.
Sou vórtice termal
 de arrepio desenhado no pescoço
 e suspiro em naquim.

Sou Angélica
não sou querubim.

7 comentários soprados.:

Lara Amaral disse...

Vc me parece ser mesmo bem isso que vc muito bem descreveu. Adorei!

Beijos.

Cantinho She disse...

Que barato, adorei...bjks!

Rosangela disse...

Adoro esse seu espaço Angélica!
És uma artista...
Abraço!

DonCarioca disse...

Belo texto!

nydia bonetti disse...

Que bonito, Angélica. O desenho também é teu? Imagem e poema perfeitos.
Já te disse que gosto muito da frase que descreve teu blog? Escrever também me salva a cada instante... Beijos.

Denise Portes disse...

Eu precisava desse suspiro, dessa ins-piração. Que bom que eu vim te ver.
Beijo
Denise

Yago Nogueira disse...

Adorei a imagem e o poema, uma descrição um tanto peculiar \õ/

beijos minha querida.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."