26 de agosto de 2010

Instantes enraizados

Aonde você vai?
A lugar nenhum, estou aqui.
E vai ficar?
Espero que sim.

O que fazemos agora? Eu me pergunto...
Mas em meu coração tenho a certeza, que a resposta vai nos ocorrer.

8 comentários soprados.:

Mari Amorim disse...

Angélica,
O nosso coração sempre sabe das coisas..
Estou grata e feliz por teres entrado em contato comigo,no blog!
Que Deus te abençoe com bençãos sem medida!
Sejas feliz neste dia e em todos os demais!

Boas energias!
Mari

Emili disse...

Adorei! Adorei!
A foto ta show tbem.
Bjo

Nirton Venancio disse...

Gosto muito de sua poesia curta, direta, profunda.

Jorge Pimenta disse...

as melhores respostas são sempre aquelas que florescem no silêncio, à esquina das palavras.
um beijinho!

naomefazpensar disse...

Curto, porém profundo.

Curti!

Saulo Taveira disse...

Linda foto. Sempre sabemos o que fazer a dois.

lu trevejo disse...

adoro, adoro tudo que vc escreve....
e só posso constatar que quem tem talento, nao precisa plagiar ninguém!
Ai, que bom que ainda tem gente honesta e talentosa no mundo...
É chato ser plagiada, mas por outro lado, como disse meu namorado, plagiar é uma maneira tosca de prestar homenagens ao nosso talento. Só quem plagia é quem nao sabe fazer melhor...
Você é só talento!
Bjo no seu coração!

Yago Nogueira disse...

Awn, tanta mensagem em tão poucas palavras né?! Adorei mesmo, estar a dois e ter a certeza de que aquilo será eterno é a melhor sensação do mundo.

Adorei o texto, beijão.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."