12 de agosto de 2010

Decisão (origem no verbo latino caedere = cortar)





Está decidido
Corta-se tudo. Meio a meio.
Cara metade.
Cada uma de um lado.
Dizes: Vai, leva tua metade de amor
e eu, sigo com a  minha.
Impasse!
Não quero partir sem teu sentir.
Então, como cortar o amor ao meio?
Decido pela salomânica idéia.
Podes levar meu coração.
Mas por favor, deixa-o inteiro.

9 comentários soprados.:

Denise Portes disse...

Lindo, muito lindo.
Beijo
Denise

Assis Freitas disse...

leva-o despedaçado mas inteiro e pulsante,

beijo

p.s. vc escreveu cara "metede" deve ser metade

Denise Portes disse...

Desculpa agora eu me lembrei que você já havia dito que ama sua cidade e que morava em Maceió. Foi quando postei algo sobre meu amor pelo Rio. Eu também gosto muito dai.
Beijo
Denise

Pérola Anjos disse...

♥♥ dividido por 2 = ♥

Beijo doce, flor!

Ana Paula Duarte disse...

o PROBLEMA É O CORAÇÃO PERMANECER INTEIRO( RISOS)
Amei o post, linda lírica a sua.
Que decidamos, então.
ABRAÇO.

Emili disse...

Maravilhoso!
Após ler a primeira vez, nas outras minha mente foi capaz de imaginar cada detalhe como um filme.
Lindo mesmo!
Beijo

Ribeiro Pedreira disse...

cada coração inteiro é uma metade.

Srtª Elis° disse...

Bom por aqui....


xero flor!

Jacson Faller disse...

lindo, lindo,lindo... belíssimo poema, Angélica... uma sonoridade ímpar... Abraço, Jacson.

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."