30 de julho de 2010

Poros em letras

A pele é um poema com cheiro.

25 comentários soprados.:

HSLO disse...

pura sensibilidade.

abraços
de luz e paz

Hugo

La sonrisa de Hiperión disse...

Encantador blog el tuyo, un placer haberme pasado por tu espacio.

Saludos y un abrazo.

Helcio Maia disse...

O cheiro, por vezes, é o poema da pele.
Abraço.

Valéria Sorohan disse...

Lindo... Diferente positivamente

meus instantes e momentos disse...

poema com cheiro e som. A pele é musica, é sensação, é complemento, é sabor.
Tenha um final de semana feliz.
Arrepiadamente feliz...
Maurizio

Domingos Barroso disse...

Também acredito (e com sombras sobre o dorso)
... És um encanto.

Carinhoso beijo.

cantinho she disse...

Menina que barato! Eu simplesmente amo todos os seus posts, é sempre muito bom vir aqui, sempre vale a pena, sabia?!
Bjo, bjo Lindona e excelente fds!

Assis Freitas disse...

eu tô sentindo aqui,

beijo

Rico Salles disse...

E já senti cheiro de poemas que nunca esqueço... Bj!

MOISÉS POETA disse...

MUITO BACANA O SEU BLOG !
ADOREI PASSAR POR AQUI , VOLTAREI SEMPRE1

UM GRANDE BEIJO!

Poeta del Cielo disse...

belo poema.......a pele.......

Saludos

Ribeiro Pedreira disse...

umas fé demais outras fé de menos. rs

Saulo Taveira disse...

Ai, adoro cheiro de pele.
hehe
Bjus

Ivan Bueno disse...

Angélica,
Bela a foto e bela a frase. A pele é mesmo um poema com cheiro, e também tato e paladar, guardando meandros poéticos que são privilégio para poucos "leitores".
Beijo grande,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Thiago de Freitas Peixoto disse...

Cheiro e gosto.

EDER RIBEIRO disse...

que são preciso dedos para senti-la, cheiros e sabores. bjos.

Jacson Faller disse...

Certa vez escrevi, não sei se te agrada:

"revelação"


Tecido macio, gosto áspero,
Epiderme fria...


(tenha um ótimo fim de semana e, mais uma vez, obrigado pela homenagem, já salvei com as "coisinhas" que estamos guardando pr'ele ler).

afonso rocha disse...

Obrigado, amiga... pela visita às minhas humildes cabanas: dois blogues distintos mas que procuro que a arte esteja sempre presente.
É o meu cheiro, a minha pele...numa entrega aos outros...

Gosto imenso do teu blog. Que sensibilidade e sensualidade, menina!!!!

A pele é um poema com cheiro...
eu arriscaria a dizer...não discordando de ti...
que a pele é um livro de poemas...com cheiros maravilhosos...
Bom fim de semana!
Beijo

Pérola Anjos disse...

À flor da pele, literalmente!

Simples e bonito!

Rosani disse...

Lindo, pura magia e sensibilidade essa frase poetica!
bjos

Benjamin disse...

Usa todo seu arsenal, provoca emoções...
Quem me dera minha alma resistir este alento,
Corro na praia, luto, faço de tudo e me entrego...
Sou dado que me toca, sensibiliza, por final descontento...

Jorge Pimenta disse...

a pele é um poema com cheiro
cheiro a pele no poema
o poema no cheiro da pele
poema
cheiro
pele
poema-cheiro-pele
poema poema - cheiro cheiro - pele pele
poemeirele!
um abraço!

naomefazpensar disse...

O poema é a epiderme do poeta.

Beija-flor disse...

Lindo lindo... Poema com cheiro que lembra de momentos passados... e nos faz pensar em versos!

Também adoro ler-te! És sempre bem vinda no meu blog. Beijos ; *

A Céu disse...

Meu poema predileto!
Decorar esse poema é levar pela vida toda a imagem de alguém.
"O teu cheiro se chama saudade"

Cheiros!

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."