22 de agosto de 2010

Busca

Hoje pensei sério:
 Se me perguntassem o que mais desejo na vida,
 não saberia responder.
Quero tudo.
 Mas esse "tudo"é tão grande,
 tão vago, que me sinto estonteado.
É preciso ir limitando meu sonho,
apagando as linhas supérfluas,
corrigindo as arestas, até restar somente o centro,
 o âmago, a essência.
Mas qual será esse centro, meu Deus,
que não encontro?

Caio Fernando Abreu

7 comentários soprados.:

Denise Portes disse...

E pensar que passamos a vida nos perguntando isso...Será esse o mistério que nos impulsiona?
Beijo
Denise

Franck disse...

Caio Fernando de Abreu, nesse início de domingo, é muito bom, pq Caio foi, é e será meu escritor preferido! Deixo-te dele essa frase: "Depois de tantas tempestades e naufrágios, o que fica em mim é cada vez mais essêncial e verdadeiro"... Não é lindo tbém?
Um domingo de paz, com Caio!

Aline disse...

Limite Branco... um dos primeiros livros de Caio!

querida, tem selinho para vc lá no meu blog!
beijos

Cantinho She disse...

Muito bom e que criança mais lindinha e fofa na foto...beijo, beijo queridona e excelente semana! ;)
She

Emili disse...

Acho que o 'centro' tá tão em frente aos nossos olhos que achamos que não pode ser. Seria muito óbvio estar ali.
Tipo a felicidade, sabemos que ela está sempre dentro de nós, mas sempre insistimos em procura-la em qualquer outro lugar.

A guriazinha da foto tá muito parecida ctgo.. heheh
Beijos

A Céu disse...

Qual será?

Caio no fim do domingo...ai ai...

Beijo e boa semana pra você!!

Não esqueça!
Cheiros

André Auke disse...

Me fez pensar: o que eu quero neste momento?
E assim de uma vez veio.

"Uma xícara de café e meu silêncio"

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."