7 de outubro de 2009

+ou -

Gostar é mais ou menos assim:


É quando a gente se interessa mais pelo que o outro diz, do que pelo nosso próprio assunto.
Quando havendo motivos [ou não] esperamos que em algum dia improvável, o telefone toque.
É quando a boca do outro nos aquieta a alma, sem nada dizer.
Quando tememos que o sonho morra, tornando-se realidade.
É quando decodificamos a solidão e conhecemos o encontro.
Quando olhamos para a porta e ela não significa mais partida e sim, chegada.
É quando a comodidade de ficar, tranforma-se na necessidade de ir [juntos].
Quando a indefinida entrega é percebida como revelação e certeza.
É quando a letra, sílaba e palavra, encontram motivos para tornarem-se texto.
Quando o desespero da saudade nos deixa isone e ainda assim, é bom sentir.
É quando a subjetividade repleta de histórias, reúne, ao invés de separar.
Quando seguir de mãos vazias não importa, porque o que precisamos, já está conosco.
 

8 comentários soprados.:

A. Céu disse...

Que bom que minhas entrelinhas estão sendo reconhecidas por outros corações. Obrigada pelo carinho. O "+ou-" pode ser considerado como um todo, por ser simples assim. Abraço-laço! Beijo grande no coração!

Leonardo B. disse...

Minha cara

a minha gratidão por uma amizade, não se consegue compensar com uma palavra que seja... mas vou fazer o melhor possível: obrigado!

Um imenso e pluricontinetal abraço

Leonardo B.

(A propósito, ando aqui com um desafio na cabeça, que partilho consigo, também... "quantas vezes eu disse ontem: eu gosto de de ti (como és)? Quantas, pensas, que vais dizer amanhã?" - estava aqui com os meu botões a pensar que somos mesmo "poupadinhos", quando se tratam "dos nossos" e deixo um link para um maravilhoso clip, que me inspira muito, quando as baterias não estão muito carregadas

http://www.youtube.com/watch?v=ao_Uqx5HaVg

... um abraço mais!)

HSLO disse...

Amiga...belíssimo o texto. bela escolha.

abraços

Hugo

Andrea Mari disse...

lindissimo e inspirador!bjosss no coracao.

Marta disse...

Lindo :)

por aqui, as emoções tb estão sempre à flor da pele.

beijo, querida Angélica

Emerson Souza disse...

Bonita definição.
Bjus.

Cacau Loureiro disse...

Olá Angélica, muito boa tarde a ti... Adorei a suavidade do seu blog... seus textos desenham paisagens, reais, emocionais, espirituais, o que queres mais?! Sou tua seguidora doravante, rs... E na vida conturbada que em alguns momentos vivemos, as letras, as palavras podem ser bálsamo, pois que as tuas são. Grande beijo, parabéns!!

kamila disse...

Sem palavras!
já disseram tudo o q passou pela minha mente.
Sabe, acho q me identifiquei. (risos)

parabéns pelos textos e pelo dom de expressar sentimentos através da escrita.
beijo!

Postar um comentário

"Se tudo passa, talvez você passe por aqui..."